enxaqueca-nao-e-frescura

Quando alguém diz que teve uma crise de enxaqueca, é necessário, em primeiro lugar, entender algo fundamental: a enxaqueca não é uma dor de cabeça qualquer,1 destas que quase todo mundo tem eventualmente e que podem ir embora sem sequer um analgésico. Além disso, é importante levar em conta que trata-se da terceira doença mais comum no mundo – 12% da população mundial sofre com crises de enxaqueca, apontam pesquisas.2

Enxaqueca, acredite, não é frescura. É uma dor de cabeça recorrente que chega acompanhada de sintomas como enjoo, vômitos e sensibilidade à luz e ao som.3 De cada dez pessoas que sofrem com a doença, nove não conseguem trabalhar normalmente durante as crises.2 Então, seu familiar, amigo, funcionário ou colega não está exagerando ao dizer que tem seu desempenho profissional impactado…. Da mesma forma, aquele paquera não está arrumando desculpas para cancelar um encontro: 67% dos pacientes, de fato, precisam cancelar reuniões ou compromissos por causa da dor.4

4 fatos para você entender a gravidade da enxaqueca

  1. Pelo mundo… A enxaqueca é hoje a sexta doença mais incapacitante ao redor do globo.2
  2. Durante as crises… Uma em cada cinco pessoas com enxaqueca fica impedida de participar de qualquer atividade, particular ou profissional, durante as crises, e a incapacidade pode aumentar com o passar do tempo.2 As crises costumam durar de quatro horas até três dias.2
  3. Elas são as mais atingidas, mas todos estão susceptíveis… A enxaqueca é uma doença que atinge mais mulheres do que homens: cerca de 14% das mulheres têm crises frequentes, enquanto o índice é de 7% entre os homens.1 Os casos em crianças são menos comuns, mas ainda assim existem: de 4 a 5% delas são afetadas.1
  4. Remédio pode piorar… Usar analgésicos ou mesmo algumas medicações para enxaqueca com muita frequência pode tornar as crises ainda mais graves.1

Então, o que fazer para viver bem, livre da enxaqueca?

Se você sofre com dores de cabeça frequentes ou conhece alguém nestas condições, consultar um médico neurologista é o primeiro e mais fundamental passo para retomar sua qualidade de vida!


Referências

1. Migraine overview. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmedhealth/PMH0072557 Acesso em outubro de 2018.
2. Migraine Research Foundation. Migraine facts. Disponível em: https://migraineresearchfoundation.org/about-migraine/migraine-facts Acesso em outubro de 2018.
3. NIH – National Institute of Neurological Disorders and Stroke. Migraine Information Page. Disponível em: https://www.ninds.nih.gov/disorders/all-disorders/migraine-information-page Acesso em outubro de 2018.
4. Migraine.com. Migraines and work. Disponível em: https://migraine.com/living-with-migraine/migraine-and-work/ Acesso em outubro de 2018.