mais-empatia-por-favor

Quem sofre de enxaqueca sabe: enxaqueca não é uma dor de cabeça qualquer.1

Por isso, se você convive com um parente, um vizinho, um funcionário ou um colega de trabalho que sofre de enxaqueca, e deseja fazer alguma coisa para ajudá-lo, experimente praticar a empatia.2,3

Empatia ajuda quem sofre de enxaqueca

Ter empatia por uma pessoa com enxaqueca é ter a capacidade de entender e compartilhar seus sentimentos durante as crises, estando ao seu lado incondicionalmente. É unir-se com a intenção de entender e compartilhar os seus sentimentos e a sua dor.2,3

A importância terapêutica da empatia é tão grande, que quando ela vem também do profissional de saúde que trata do paciente, a adesão ao tratamento e a sua eficácia tendem a aumentar bastante.4

5 dicas para praticar a empatia

Como forma de orientar quem convive com um paciente de enxaqueca crônica, damos aqui 5 dicas de como ser mais empático:

Dica 1 – Não menospreze nem tente diminuir a gravidade ou a importância do problema. Seja compreensivo e leve a sério a dor do outro.2,3

Dica 2 – Esteja disponível para ouvir – se a pessoa quiser falar – a mudar os planos que eventualmente tenham feito juntos, e ajude-a no que ela precisar, sem emitir opiniões de julgamento ou crítica.2,3,4

Dica 3 – Se você é empregador, proporcione um ambiente de trabalho confortável, longe de luzes brilhantes, sons altos e cheiros fortes. E permita horários flexíveis ou a opção do home office durante as crises.3

Dica 4 – Estimule a consulta a um neurologista e se necessário acompanhe a pessoa, caso ela ainda não se consulte regularmente.

Dica 5 – Sugira a busca de informações consistentes sobre a doença e a participação em grupos e comunidades de pacientes que têm o mesmo problema.5 Uma das fontes seguras é o site especializado da Novartis: https://www.saude.novartis.com.br/enxaqueca/.


Referências

1. InformedHealth.org [Internet]. Cologne, Germany: Institute for Quality and Efficiency in Health Care (IQWiG); 2006-. Migraine: Overview. 2012 Jun 20 [Updated 2018 May 30].Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK279373/ Acesso em janeiro de 2020.
2. Migraine.com. Individuals with Migraine Need Some Empathy. Disponível em: https://migraine.com/living-migraine/individuals-need-some-empathy/ Acesso em janeiro de 2020.
3. Upper Cervical Awareness. An Employer’s Guide to Workers with Migraines. Disponível em: https://uppercervicalawareness.com/employers-guide-workers-migraines/ Acesso em janeiro de 2020.
4. Annals of Indian Academy of Neurology. Ann Indian Acad Neurol. 2012 Aug; 15(Suppl 1): S89–S94. doi: 10.4103/0972-2327.100025 Impact of physician empathy on migraine disability and migraineur compliance. Hatim S. Attar and Srinath Chandramani. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3444220/#!po=2.27273 Acesso em janeiro de 2020.
5. Associação Brasileira de Cefaleia em Salvas e Enxaqueca. Disponível em: https://abraces.me/2019/01/ Acesso em janeiro de 2020.