ser-feliz-sem-enxaqueca2
Share

Crise ocupa muito tempo da vida do paciente, mas o tempo pode ser um aliado

Como já dissemos aqui, é difícil para quem sofre de enxaqueca esquecer, mesmo nos momentos sem crise, o sofrimento que ela causa.

Em uma famosa tirinha que circula pela internet, um garoto diz ao seu cãozinho: “É, um dia todos nós vamos morrer”. E o cachorro, com sabedoria irônica, responde: “Sim, mas em todos os outros, não”. Esta história diz muito sobre quem sofre com a enxaqueca. A próxima crise virá, mas até ela chegar, todos os dias são saudáveis e podem ser felizes e de muita liberdade.

O tempo a seu favor

A enxaqueca ocupa muito tempo da vida do paciente, mas vamos olhar para o copo meio cheio: são milhares os dias saudáveis e sem dor – os tais dias em que, como lembrou o cãozinho, a morte (ou, neste caso, a enxaqueca) não acontecerá.

O uso do tempo deve ser um aliado. Ele é a média entre necessidade, importância e prazer. O equilíbrio é o segredo. Um desequilíbrio aqui pode provocar estresse, que pode levar à insônia, dois fatores dos mais relevante para crises de enxaqueca.1,2 Por outro lado, o estresse pode levar a más decisões em busca de prazer imediato, que o cérebro e nosso lado emocional aceitam com facilidade.1,2

Quanto mais equilíbrio o paciente de enxaqueca conseguir colocar em sua vida, mais dias saudáveis terá. E cada dia sem crise é um dia a mais de felicidade, de liberdade e de mais prazeres no cotidiano. É usar a matemática para somar dias dizendo “sou feliz!”


Referências

1. American Migraine Foundation. Top 10 migraine triggers and how to deal with them. Disponível em: https://americanmigrainefoundation.org/understanding-migraine/top-10-migraine-triggers-and-how-to-deal-with-them/ Acesso em setembro de 2018.
2. Migraine trust. Common triggers. Disponível em: https://www.migrainetrust.org/about-migraine/trigger-factors/common-triggers/ Acesso em setembro de 2018.

Share